quinta-feira, 05 de outubro

DNA ND – O dia que conheci o TUCCA (Associação para crianças e adolescentes com câncer)

Foi em um espetáculo na Sala São Paulo que conheci o TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer). A série em questão era o “Aprendiz de Maestro”, que acontece há 15 anos e utiliza recursos de teatro, ópera, balé e circo para inserir a criança no universo musical. Uma atração surpreendente não só para os pequenos, como para nós adultos.

Desde então, minha curiosidade para descobrir a história dessa associação só cresceu, até que, depois de uma troca de e-mails carinhosa, eu e parte da minha equipe fomos até o TUCCA comemorar o Dia das Crianças em uma manhã repleta de brincadeiras e sorrisos.

As crianças se divertiram com a Lady Bug, personagem que nos acompanhou durante a visita

É em um complexo do Hospital Santa Marcelina, na zona leste de São Paulo que um ponto de cor se destaca entre os prédios. Somos recebidos por uma equipe de voluntários sorridente com a nossa visita, logo vamos conhecendo as instalações e a história dessa instituição que completa 20 anos em 2018.

O nome TUCCA teve origem na expressão “Tumor Cerebral em Crianças e Adolescentes”, fundada pelo médico oncologista pediátrico Sidnei Epelman em 1998, a associação tem como objetivo elevar as taxas de cura e melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes carentes com câncer.

O momento em que conheci Sidnei Epelman, médico oncologista pediátrico que fundou o TUCCA
O momento em que conheci Sidnei Epelman, médico oncologista pediátrico que fundou o TUCCA

Em 2014 a instituição já passou a faixa de 2400 pacientes assistidos pelo programa. Com médicos, professores e voluntários, o TUCCA oferece não só acompanhamento médico, exames e medicamentos de última geração sem custo e sem fila de espera, como todo suporte psicológico para a família e o paciente, criando uma comunidade de pessoas engajadas em alcançar 100% da cura do câncer infantil.

Além de todo atendimento médico e psicológico, as crianças contam com aulas quase que particulares para conciliar o aprendizado com o tratamento.
Além de todo atendimento médico e psicológico, as crianças contam com aulas quase que particulares para conciliar o aprendizado com o tratamento.

Conhecer todo o trabalho da equipe, ouvir as histórias de famílias que lutam contra essa doença, descobrir todos os projetos que o TUCCA está envolvido foi uma experiência incrível. São conversas que mudam nosso ponto de vista sobre a vida e nossas prioridades.

Quero agradecer a toda equipe do TUCCA que nos recebeu de braços e coração aberto, em especial a Denize, Isleide e Graça, que nos acompanharam com tanto carinho durante nossa visita. Gostaria de agradecer também a todas as mães e crianças pelos sorrisos e conversas. Até breve!

Quem quiser ajudar o TUCCA:

Descubra como ser um voluntário aqui

Descubra mais sobre a Música pela Cura e Aprendiz de Maestro aqui

Descubra como fazer sua doação para o TUCCA aqui

 

Com carinho,

neideblog_3

 

SIGA-NOS NO INSTAGRAM